quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Breve História da Igreja Cristã 7

A PESSOA E A OBRA DE CRISTO
Ambos ensinam que o Logos tomou a natureza humana em sua inteireza, corpo e alma, tendo-se tornado um homem real, o Deus-homem, embora Clemente não tenha conseguido evitar totalmente o docetismo. Dizia que Cristo comia, não porque precisasse de alimentos, mas para que Sua humanidade não fosse negada, além de ser incapaz das emoções de alegria e tristeza. Para Orígenes a alma de Cristo era preexistente, como todas as outras almas.
Acerca da obra de Cristo, Clemente alude à auto-rendição de Cristo como um resgate, mas não reforça a idéia que Ele foi a propiciação pelos pecados da humanidade. Sua ênfase foi de Cristo como Legislador e Mestre. A redenção não consistiria tanto em desfazer o passado, mas em elevar o homem a um estágio ainda mais alto do que o do homem antes da Queda.
Para Orígenes, Cristo foi um médico, um mestre, um legislador e um exemplo. Reconhecia também o fato de que a salvação dos crentes depende dos sofrimentos e da morte de Cristo. A morte de Cristo é apresentada como vicária,como uma oferta pelo pecado e como uma expiação necessária. Para Orígenes, a influência remidora do Logos se estenderia além desta vida, não somente os que tivessem vivido sobre a terra e morrido, porém, igualmente, todos os espíritos caídos, inclusive Satanás e seus anjos maus. Haverá uma restauração de todas as coisas.

DOUTRINA DA SALVAÇÃO.
Os Pais alexandrinos ensinavam o livre-arbítrio do homem, capacitando-o a voltar-se para o bem e aceitar a salvação oferecida em Jesus Cristo. Deus oferece a salvação, e o homem tem a capacidade de aceitá-la. Apesar disso, Orígenes também alude à fé como graça divina. Seria um passo preliminar necessário à salvação. Mas isso representaria apenas uma aceitação inicial da revelação divina, precisando ser ainda elevado ao conhecimento e ao entendimento, daí prosseguindo para a prática de boas obras, que são o que realmente importam. Orígenes fala de dois modos de salvação, um mediante a fé (exotérico), e outro pelo conhecimento (esotérico). Certamente esses Pais não tinham a mesma concepção que o Apóstolo Paulo da fé e da justificação. Uma igreja que representa a pura doutrina deixada pelo Senhor Jesus não poderia se unir com nenhum movimento reformador do século XVI. Primeiro porque como o próprio nome diz, era uma reforma da igreja Católica. Se queriam reformá-la é porque admitiam que ela era uma igreja de Jesus, quando na verdade tinha deixado de ser desde 225. Segundo porque quando os reformadores vieram da igreja Católica não houve entre seus pastores iniciantes uma conversão de seus pecados. O que houve foi uma convicção da parte deles de que a igreja católica estava errada. Até os católicos tinham essa convicção. Terceiro que, não se convertendo, também não foram e nem podiam ser batizados, ordenança pela qual um crente professa publicamente que está aceitando Jesus e sua Igreja. Se não foram batizados com que autoridade podiam ministrar o batismo ou passar esta autoridade a outros?

Nova TV ADORAÇÃO

CONGRESSO DA JUVENTUDE

CONGRESSO DA JUVENTUDE

Saudação

Sejam bem vindos ao nosso ponto de encontro.

Nestes dias temos lido e ouvido muitas versões ou entendimentos das verdades biblicas, mas há que se dizer que sempre houve e haverá opiniões diferentes devido a vários fatores que permeiam a nossa vida cotidiana.

A nossa intenção aqui, é apenas expressar o nosso endendimento pensando estar de alguma forma contribuindo na construção do pensamento teológico cristão brasileiro atual.


Nosso e-mail: igrejaprimitivamaceio@yahoo.com.br

Seminário Teológico El Elyon

As inscrições para o STEE já estão abertas.
Faça logo a sua matricula!!
Onde se inscrever:
R. Demetrio de Freitas, 98 - Maceó - IPS - Cep: 24.310-100
Por e-mail:
moabibrito@yahoo.com.br
prmoabilins@hotmail.com





Como os outros te vêem

Resultado: 39 pontos

Os outros te vêem como alguém sensível, cauteloso, prático e cuidadoso. Te vêem como inteligente, talentoso, mas modesto. Não uma pessoa que faz amigos muito rápido e fácil, mas alguém extremamente leal aos amigos que você faz e que espera a mesma lealdade deles. Aqueles que realmente te conhecem percebem que é difícil abalar sua confiança em amigos, mas também leva um bom tempo para recuperá-la se esta confiança se acaba.

Teste de Personalidade

Oferecimento: InterNey.Net

Livros Recomendados

Como Deus Cura a Dor. Mark W. Backer - Ed. Sextante. 2008.
Respostas Evangélicas à Religiosidade Brasileira. Ed. Vida Nova. 2004.
Sabedoria Pastoral. David W. Wong. Ed. Descoberta. 1999
Guia Básico para a Interpretação da Bíblia. Robert H. Stein - Casa Publicadora das Assembleias de Deus. 1935
A Igreja no Império Romano. Martin N. Dreher. Ed. Sinodal. São Leopoldo, RS. 1993.
Vozes do Cristianismo Primitivo. E.Glenn Hinson & Paulo Siepierski. Ed. Temática Publicações, SP.
Sem Medo de Viver. Max Lucado. Ed. Thomas Nelson Brasil. RJ.2009.
A Palavra de Deus e A palavra do homem. Karl Barth. Ed. Novo Século. São Paulo. 2004.
A(s) Ciência(S) da Religião no Brasil. Faustino Teixeira. Ed. Paulinas. São Paulo. 2001.
Plano Mestre de Evangelismo. Robert Coleman. Ed. Mundo Cristão. São Paulo. 2006.
Direito & Psicanálise. Chaia Ramos. Ed. Atos & Fatos. Rio de Janeiro. 2001.
De Pastor para Pastores. Um testemunho pessoal. Irland Pereira Azevedo - Rio de Janeiro -Ed. JUERP. 2001


Postagens populares

Meu saudoso pai

Meu saudoso pai
Fundador da IPS

Escrita na parede

O destino da humanidade

A Previsão do Tempo

Blog Amigo

MOMENTO DA PALAVRA

MOMENTO DA PALAVRA

Teste os Seus Conhecimentos Biblicos

Resultado: 9 pontos

Parabéns! Você possui um bom conhecimento da Bíblia, pode se considerar um 'expert' em textos sagrados.

Teste Seus Conhecimentos Bíblicos.

Oferecimento: InterNey.Net

Adicione este site aos seus favoritos

Obrigado pela sua visita desde 2007