domingo, 11 de julho de 2010

O QUE É O PENTECOSTE?

Para entender o movimento pentecostal tentaremos responder quatro perguntas:
1. Quando nasceu?
2. Como caminha?
3. Qual o objetivo?
4. Quando vai terminar?

Quando teve inicio o projeto de Deus para o acontecimento da vinda do Espírito Santo?
No livro de Levítico. 23, nos encontramos a primeira referencia a festa das semanas, ou das primícias ou pentecoste.

O Pentecostes (a festa)
15Depois, para vós contareis desde o dia seguinte ao sábado, desde o dia em que trouxerdes o molho da oferta movida; sete semanas inteiras serão. 16Até ao dia seguinte ao sétimo sábado, contareis cinqüenta dias; então, oferecereis nova oferta de manjares ao Senhor. Em Dt. 16:10. recebemos a ordem de ofertar para agradecer a colheita.

O profeta Joel no cap. 2:23, descreve o que vai acontecer, se referindo as chuvas temporã e a serodia. A chuva temporã prepara a terra para a semeadura e a chuva serodia da o crescimento para a colheita.Se entendermos que a chuva temporã foi a vinda do Senhor Jesus ao mundo a fim de preparar a humanidade para receber a salvação e a descida do Espírito Santo a chuva serodia, que prepara a igreja para a grande colheita que sera o arrebatamento. Teremos entendido o que é o Pentecoste.

Promessa do derramamento do Espírito (cerca de 830 anos a. C.)
Joel 2:28 E acontecerá, depois, que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos velhos sonharão, e vossos jovens terão visões;

Quando observamos o mover de Deus e do Espírito Santo no AT, percebemos que a manifestação é diferente no NT.

No capitulo 1 de Atos encontramos a promessa do Senhor Jesus sobre o batismo com o Espírito Santo, antes de acontecer.
Atos cap. 1:5 Porque João, na verdade, batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias.6 Então, os que estavam reunidos lhe perguntaram: Senhor, será este o tempo em que restaures o reino a Israel? 7 Respondeu-lhes: Não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai reservou pela sua exclusiva autoridade; 8 mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.

No livro de Atos dos Apóstolos Cap. 2, encontramos a realisação da profecia do profeta Joel.
O Senhor Jesus prometeu a Pedro que sobre ele iria edificar a sua igreja, e no dia de pentecoste Pedro é usado para trazer a lembranças dos seus ouvintes as profecias de Joel, cumprindo-se assim as duas profecias a do Senhor Jesus e a do profeta Joel, apois a mensagem cerca de 3000 almas vieram a Cristo, inaugurando a igreja do Senhor.
Primeiro Deus envia o Espírito Santo e depois usa Pedro na palavra para pregar a multidão.

O dom de línguas - O PENTECOSTE
Atos 2:5 Ora, estavam habitando em Jerusalém judeus, homens piedosos, vindos de todas as nações debaixo do céu. 6 Quando, pois, se fez ouvir aquela voz, afluiu a multidão, que se possuiu de perplexidade, porquanto cada um os ouvia falar na sua própria língua. 7 Estavam, pois, atônitos e se admiravam, dizendo: Vede! Não são, porventura, galileus todos esses que aí estão falando? 8 E como os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna? 9 Somos partos, medos, elamitas e os naturais da Mesopotâmia, Judéia, Capadócia, Ponto e Ásia, 10 da Frígia, da Panfília, do Egito e das regiões da Líbia, nas imediações de Cirene, e romanos que aqui residem, 11 tanto judeus como prosélitos, cretenses e arábios. Como os ouvimos falar em nossas próprias línguas as grandezas de Deus? 12 Todos, atônitos e perplexos, interpelavam uns aos outros: Que quer isto dizer?
E a igreja já nasce capacitada para realizar missões como foi anunciado pelo Senhor Jesus.

No cap. 10: 45,46, do livro de Atos, vemos Deus confirmando que o dom de línguas foi liberado para todos os que crerem. Já no cap. 19:6, Lucas, relata que agora eles falam em línguas e também profetizavam.

>O Espírito Santo nos foi enviado, para nosso revestimento, em Pentecostes.

E o nascimento do Senhor Jesus, um evento fundamental, se daria fora de uma destas Festas bíblicas?

Certamente que não. E qual seria a Festa mais apropriada para o Senhor Jesus nascer, para Deus habitar entre nós, senão Tabernáculos?

No nascimento do Senhor Jesus, Deus quebra uma maldição que estava sobre a raça humana, devido ao pecado de Adão. A separação entre o criador e a criatura.

Quando o Espírito Santo gera no ventre de Maria o Senhor Jesus, abre a oportunidade de toda humanidade receber o Espírito Santo através do Senhor Jesus, por que Ele tem as duas naturezas 100% Deus e 100% homem.

O Emanuel que significa Deus conosco com Seu nascimento perfeitamente tipificado pela celebração de Tabernáculos.

Depois da vida, morte e ressurreição do Senhor e o advento do pentecoste o mover do Espírito não parou.

Lembrando que a narrativa de Lucas foi escrita no meado dos anos 40 a 60, fruto de uma pesquisa dos fatos corridos naquela região.
O Apostolo Paulo escreve as suas primeiras cartas sem ainda conhecer os outros discípulos, e já falava do mover do Espírito no seio da igreja, meados de 60 depois de Cristo.
Na sua primeira carta a igreja em Corinto lemos: I Co. 12:4 Ora, os dons são diversos, mas o Espírito é o mesmo. 5 E também há diversidade nos serviços, mas o Senhor é o mesmo. 6 E há diversidade nas realizações, mas o mesmo Deus é quem opera tudo em todos. 7 A manifestação do Espírito é concedida a cada um visando a um fim proveitoso. 8 Porque a um é dada, mediante o Espírito, a palavra da sabedoria; e a outro, segundo o mesmo Espírito, a palavra do conhecimento; 9 a outro, no mesmo Espírito, a fé; e a outro, no mesmo Espírito, dons de curar; 10 a outro, operações de milagres; a outro, profecia; a outro, discernimento de espíritos; a um, variedade de línguas; e a outro, capacidade para interpretá-las. 11 Mas um só e o mesmo Espírito realiza todas estas coisas, distribuindo-as, como lhe apraz, a cada um, individualmente.

Vejamos um breve resumo da história da Igreja Pentecostal depois do primeiro século.

JUSTINO MÁRTIR (100-165dC).
Nasceu na Palestina, converteu-se em Éfeso e morreu em Roma. Nos seus escritos, mencionou os dons espirituais em evidência nos seus dias, inclusive o dom de línguas estranhas pelo Espírito Santo.

IRINEU (130-200dC), bispo de Lyon, na Gália.
Declarou que no seu tempo muitos cristãos falavam línguas estranhas pelo Espírito e tinham dons, inclusive o de profecia. Irineu foi discípulo de Policarpo, bispo de Esmirna, que, por sua vez, fora discípulo de João, o apóstolo.

MONTANO (156-172)
O Montanismo foi um movimento cristão fundado por Montano por volta de 156-157 (ou 172), que se organizou e difundiu em comunidades na Ásia Menor, em Roma e no Norte de África. Montano fundou um movimento que vivia das revelações proféticas. Suas preleções só falavam sobre a vinda gloriosa do Espírito Santo e do fim do mundo.

TERTULIANO. (155-222)
Escritos apologéticos (de defesa da fé contra os opositores): Aos pagãos, Apologeticum (a sua obra mas conhecida), O testemunho da alma, Contra Escápula, Contra os judeus.

Escritos polêmicos: A prescrição dos hereges, Contra Marcião, Contra Hermógenes, Contra os valentinianos, O baptismo, Scorpiace, A carne de Cristo, A ressurreição da carne, Contra Práxeas, A alma.

Escritos disciplinares, morais e ascéticos: Aos mártires, Os espetáculos, O vestido das mulheres, A oração, A paciência, A penitência, À esposa, A exortação da castidade, A monogamia, O véu das virgens, A coroa, A fuga na perseguição, A idolatria, O jejum, A pudicícia, O manto.

Teologia: Fé e Teologia, Teologia e o Direito, A Trindade, Cristologia, Mariologia, Eclesiologia, A Penitência, Eucaristia, Escatologia.
Estes foram os primeiros livros de Teologia escritos na igreja pentecostal.

ORÍGENES (185-254dC), teólogo de renome.
Afirmou que os dons espirituais, inclusive o de línguas, eram um fato notório nos seus dias.

CRISÓSTOMO (347-407dC), patriarca de Constantinopla.
No sentido eclesiástico oriental, o termo “patriarca” designa um bispo investido de prerrogativas e precedências especiais. Crisóstomo relatou um caso em que três membros da sua igreja falaram pelo Espírito Santo em persa, latim e hindu.

AGOSTINHO (354-430dC), bispo de Hipona, no Norte de África.
Deu testemunho de que as línguas estranhas estavam em evidência no seu tempo.

WALDENSES e ALBIGENSES (1140-1280dC).
No Sul da Europa, em plena Idade das Trevas – a Era Medieval. Eles eram dissidentes da Igreja Romana, seguidores dos princípios bíblicos da salvação e da vida cristã em geral. Os historiadores afirmam que entre eles havia manifestações espirituais em línguas estranhas, segundo o Novo Testamento.

LUTERO (1483-1546).
Falava em línguas e profetizava, conforme depoimento histórico do Dr. Jack Deer, eminente professor e historiador baptista, do Seminário Teológico de Dallas. Essa informação também é encontrada nas obras História da Igreja Alemã, de Souer (volume 3, pág. 406) e Pentecostes para Todos, de Emílio Conde, pág. 88.

ANABAPTISTAS da Alemanha (1521-1550).
Havia entre eles manifestações do Espírito, inclusive dons espirituais e línguas estranhas, como regista a história.

HUGUENOTES (1560-1650). Eram, na França, protestantes, dissidentes quanto à forma de governo da época, no respeitante à liberdade religiosa. O historiador A. A. Boddy assim escreveu: “Durante a perseguição dos huguenotes, a partir de 1685, havia entre eles os que falavam em línguas, transbordantes de fervor espiritual”.

QUAKERS (1647-1650) e os SHAKERS (1771-1774).
Eram cristãos organizados em grupos distintos, no Nordeste da América do Norte, região da Nova Inglaterra. Dos Quakers (tremedores) e Shakers (puladores), diz a obra História da Igreja, de Philip Schaff, edição de 1882, que entre esses grupos havia manifestação de dons espirituais, inclusive línguas estranhas.

METODISTAS primitivos. Líder: João Wesley (1703-1791), inglês. O historiador Philip Schaff, na sua História da Igreja, edição de 1882, relata que esses metodistas pugnavam por uma vida santa e muitos tinham dons espirituais e falavam línguas. O movimento avivalista metodista começou em 1739, em Londres. Foi no Metodismo que teve maior expressão e vulto o Movimento da Santidade, na América do Norte, entre determinadas igrejas tradicionais, após o início do século XIX, do qual, quase um século depois, surgiu o atual Movimento Pentecostal.

IRVINGISTAS. Líder: Edward Irving (1822-1834), presbiteriano, da Igreja Escocesa de Londres. Irving testemunhou, entre outros fatos, que, em 1831, uma irmã solteira, por nome Hall, cheia do Espírito Santo, falou em línguas num culto de oração. A Igreja Presbiteriana local, forçou o pastor Irving a renunciar ao seu pastorado por causa do avivamento que estava ocorrendo e seiscentos membros da igreja da Regent Square, de lá saíram com aquele pastor. Isso também está averbado na obra citada acima, de Schaff.

D. L. MOODY (1837-1899), poderoso evangelista e avivalista norte-americano. Ele era batista e pregava a salvação em Cristo de modo diferente e objectivo. Pregava a plenitude do Espírito Santo e uma vida cristã cheia do poder do alto. Acerca da sua marcante cruzada cristã evangelística de Londres, em 1873 escreveu Robert Boyd: “Moody pregou à tarde no Auditório da Associação Cristã de Moços, em Sunderland. Em pleno culto houve manifestação de línguas estranhas e profecia. O fogo espiritual dominava o ambiente” (Moody and Sankey in Great Britain, 1875). Há muitos outros exemplos de que, ao longo da história, o Espírito Santo vem sendo derramado sobre aqueles que o buscam. A mundialmente conhecida e respeitada Enciclopédia Britânica, declara: “A glossolália (o falar noutras línguas) esteve em evidência em todos os avivamentos da história da igreja” (volume 22, pág. 282, ano 1944).

Mas com o passar do tempo o inimigo começou a semear no meio da igreja que estes dons ficaram no passado. Só até os dias dos apóstolos.
O que não é verdade bíblica, por várias razões bem simples.
Usando as doutrinas da teologia sobre Deus, que nos diz:
1. Deus é imutavél, Ele não pode mudar em sua natureza, dai concluímos que se Ele prometeu o batismo no Espírito Santo, Ele não pode mudar. O que fazia continua fazendo: salvando, curando, libertando e batizando com o Santo Espírito.

2. Deus é atemporal. Ele não esta preso ao tempo, ontem e hoje para Ele são a mesma coisa. Concluímos; Deus não esta preso ao passado, Ele é sempre presente.Então o que aconteceu no Pentecoste pode acontecer hoje, "por que é o mesmo Deus que opera tudo me todos".

3. Se cremos que a Bíblia é a palavra de Deus e ela nos garante a presença do Espírito para nos Capacitar a sermos testemunhas do Senhor até os confins da terra. Essa promessa só ira se findar quando toda a terra for evangelizada, acontecer o arrebatamento ou deixar de existir, o que ainda não aconteceu.

4. A outra razão também é a própria Bíblia que diz no Evangelho de Marcos cap. 16:17,18: Estes sinais seguiram os que crerem...

O mover do espírito no meio da igreja só vai terminar depois do arrebatamento da igreja.

Os sinais já estão no meio da igreja, esteja atento para receber a sua benção!!

Então meu amado pode buscar, ou continuar buscando os dons hoje.
I Co. 12.28. E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.
29 Porventura são todos apóstolos? são todos profetas? são todos doutores? são todos operadores de milagres?
30 Têm todos o dom de curar? falam todos diversas línguas? interpretam todos?
31 Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente.


O que o apostolo Paulo vai nos mostrar a seguir é o dom do amor, sem este tudo que possamos ter ou fazer na igreja, não terá valor para a obra de Deus.

Você pode pedir qualquer dom, mas peça por amor a obra de Deus por que Ele é amor.

Que Deus te cubra com todas as bençãos Espituais em Cristo Jesus.

Graça e Paz

Nova TV ADORAÇÃO

CONGRESSO DA JUVENTUDE

CONGRESSO DA JUVENTUDE

Saudação

Sejam bem vindos ao nosso ponto de encontro.

Nestes dias temos lido e ouvido muitas versões ou entendimentos das verdades biblicas, mas há que se dizer que sempre houve e haverá opiniões diferentes devido a vários fatores que permeiam a nossa vida cotidiana.

A nossa intenção aqui, é apenas expressar o nosso endendimento pensando estar de alguma forma contribuindo na construção do pensamento teológico cristão brasileiro atual.


Nosso e-mail: igrejaprimitivamaceio@yahoo.com.br

Seminário Teológico El Elyon

As inscrições para o STEE já estão abertas.
Faça logo a sua matricula!!
Onde se inscrever:
R. Demetrio de Freitas, 98 - Maceó - IPS - Cep: 24.310-100
Por e-mail:
moabibrito@yahoo.com.br
prmoabilins@hotmail.com





Como os outros te vêem

Resultado: 39 pontos

Os outros te vêem como alguém sensível, cauteloso, prático e cuidadoso. Te vêem como inteligente, talentoso, mas modesto. Não uma pessoa que faz amigos muito rápido e fácil, mas alguém extremamente leal aos amigos que você faz e que espera a mesma lealdade deles. Aqueles que realmente te conhecem percebem que é difícil abalar sua confiança em amigos, mas também leva um bom tempo para recuperá-la se esta confiança se acaba.

Teste de Personalidade

Oferecimento: InterNey.Net

Livros Recomendados

Como Deus Cura a Dor. Mark W. Backer - Ed. Sextante. 2008.
Respostas Evangélicas à Religiosidade Brasileira. Ed. Vida Nova. 2004.
Sabedoria Pastoral. David W. Wong. Ed. Descoberta. 1999
Guia Básico para a Interpretação da Bíblia. Robert H. Stein - Casa Publicadora das Assembleias de Deus. 1935
A Igreja no Império Romano. Martin N. Dreher. Ed. Sinodal. São Leopoldo, RS. 1993.
Vozes do Cristianismo Primitivo. E.Glenn Hinson & Paulo Siepierski. Ed. Temática Publicações, SP.
Sem Medo de Viver. Max Lucado. Ed. Thomas Nelson Brasil. RJ.2009.
A Palavra de Deus e A palavra do homem. Karl Barth. Ed. Novo Século. São Paulo. 2004.
A(s) Ciência(S) da Religião no Brasil. Faustino Teixeira. Ed. Paulinas. São Paulo. 2001.
Plano Mestre de Evangelismo. Robert Coleman. Ed. Mundo Cristão. São Paulo. 2006.
Direito & Psicanálise. Chaia Ramos. Ed. Atos & Fatos. Rio de Janeiro. 2001.
De Pastor para Pastores. Um testemunho pessoal. Irland Pereira Azevedo - Rio de Janeiro -Ed. JUERP. 2001


Postagens populares

Meu saudoso pai

Meu saudoso pai
Fundador da IPS

Escrita na parede

O destino da humanidade

A Previsão do Tempo

Blog Amigo

MOMENTO DA PALAVRA

MOMENTO DA PALAVRA

Teste os Seus Conhecimentos Biblicos

Resultado: 9 pontos

Parabéns! Você possui um bom conhecimento da Bíblia, pode se considerar um 'expert' em textos sagrados.

Teste Seus Conhecimentos Bíblicos.

Oferecimento: InterNey.Net

Adicione este site aos seus favoritos

Obrigado pela sua visita desde 2007